• Manubymanu

The Walking Day








Our fifth time in Portofino and still felling like the first one.

The colourful buildings that remind you of summer and happiness,

exclusive shops and super vivid Italian atmosphere.

This time we decided to do our vacation differently. Starting by renting an apartment instead of a hotel room.

Like everyone else, we love to be spoiled in a hotel,

but because of my job I’m constantly visiting different hotels

for work during such a short period of time.

So we thought that would be interesting renting a home,

and fell like home and experience like locals.

It’s was the best decision we made.

You connect better with the place, its habitats,

and you end up getting real tips on restaurants,

activities and even practice your Italian – free classes- Yeppp!

On our second day, we woke up wanting to explore

and decided to follow the tracking road Claudia – owner of the apart –

had mentioned to us the night before.

Early that morning we set at Cafe Morena in the piazza

for a nice latte and some cheese focaccia from Recco ” known as the best of Italy”. Then we started heading up the mountain where quickly the road got inclined,

and the sun began to heat things up.

The first 10 minutes was a real test to see how much you wanted to explore.

Trust me, it wasn’t easy. But after sweating our bumps off we made it to the top,

and we knew that the worst had passed.

After an hour walking, we found signs to a little restaurant in the middle of the jungle.

Had a quick snack and went back on track as we knew

there was still a long way before arriving in our final destination.

With ups and downs, walking thru the cliffs, and at times thinking we were lost,

we got to Paradise, 1,30h later.

Abbazia di San Fruttuoso…

As you can see in the picture,

a beautiful monument in the middle of the mountains with lovely

turquoise water beach with couple bars for an aperitive.

Just spectacular.

Ready to go back!!!!

Nossa quinta visita à Portofino e ainda s.im parece ser a primeira. Os edifícios coloridos que le fazem recordar de verão e felicidade, lojas exclusivas e super atmosfera italiana.

Desta vez, decidimos fazer a nossa férias de uma forma diferente. Começando por alugar um apartamento ao em vez de um quarto de hotel. Como todos, amamos ser mimados quando hospedado um hotel, mas por causa do meu trabalho estou constantemente visitando diferentes hotéis.

Então pensamos que seria interessante alugar uma casa,

e viver a experiência como os moradores locais. Foi a melhor decisão tomada.

Você se conectar melhor com o lugar, os seus habitates, e acaba descobrindo dicas sobre restaurantes, atividades e até mesmo pode praticar o seu italiano – classes de graça – yeppp!

Em nosso segundo dia, acordamos com desejo em explorar

e decidimos seguir o caminho montanhoso que Claudia – proprietária do apart – Tinha nos mencionado na noite anterior.

No início daquela manhã, passamos pelo Cafe Morena na Piazza principal para um bom café com leite e focaccia de queijo da Recco “, conhecido como o melhor da Itália”.

Começamos a subir o morro/montanha onde rapidamente se tornou super inclinada, e o sol começou a esquentar.

Os primeiros 10 minutos foi um verdadeiro teste para ver o quanto você queria explorar.

Confie em mim, não foi fácil. Mas depois de muito suor, chegamos ao topo, e sabíamos que o pior já havia passado. Depois de uma hora a pé, encontramos indicações para um

pequeno restaurante no meio da selva.

Fizemos um lanchinho rápido e voltamos para a estrada pois sabíamos que ainda havia um longo caminho antes de chegar no nosso destino final.

Com altos e baixos, passagens entre penhascos,

e em alguns momentos pensando que estávamos perdidos, chegamos ao paraíso, 1,30h mais tarde. Abadia de San Fruttuoso …

Como você pode ver na foto, Um belo monumento no meio das montanhas com uma adorável praia de água azul-turquesa e pequenos bares para um aperitivo.

Realmente espetacular. Ja estou pronta para voltar !!!!

#tracking

© 2020 Emanuela de Paula Official